• Phone: (11) 9 9341-5178

    seja bem-vindo

    MEU CARRINHO
    0 Itens R$ 0,00

    Chapéus - História e Modelos

    Modelos de Chapéus:

    Boina

    Para as mulheres: a boina é um modelo que cai muito bem em looks de outono e inverno. É um modelo para quem busca um charme a mais junto aos casacos, vestidos ou qualquer outra peça de inverno! Use e abuse de lenços, cachecóis e meia-calça para montar seu look! A boina deixa qualquer uma com aquele ar europeu e com muita elegância. 

    Para homens: O uso da boina cria um ar alternativo também como muito charme. As boinas dão um ar retrô ao look masculino. Acompanham muito bem casacos de inverno, terninhos, jaquetas ou coletes. Assim como as boinas femininas, as masculinas caem muito bem como cachecóis e acessórios de inverno.

    As boinas  costumam possuir um tecido bastante flexível e se ajustam facilmente ao formato da cabeça do usuário. As cores mais escuras como preto, marrom ou cinza são bastante clássicas, combinam com as estações mais frias e são fáceis de combinar com as roupas do dia-a-dia.

     

    Cartola:

    A cartola foi um dos acessórios mais utilizados no século XIX. Fazia parte do traje formal masculino, junto ao fraque ao à casaca. Foi muito usada pelas classes mais altas da sociedade, principalmente, na Inglaterra e Estados Unidos. Hoje este modelo possui uma conotação mais cenográfica ou  é utilizada para visuais mais excêntricos entre modelos e atores.  

     As cartolas possuem uma copa redonda e alongada, em formato cilíndrico, a aba é ligeiramente curvada. É um chapéu  com um ar masculino, mas há  mulheres cheias de ousadia que o utilizam, ficando muito elegantes.  

    A cartola deve ser usada inclinada tocando a sobrancelha. As alturas das cartolas variam de 15 a 17cm. Os modelos com altura maior e o feltro mais rígido são mais clássicos, já aqueles que são mais flexíveis e mais baixos possuem um certo ar informal.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Chapéu cowboy ou Western
    O chapéu cowboy tem a copa alta, um pouco alongada e abas grandes que, geralmente, são viradas para cima nas laterais. Pode ser confeccionado em feltro, couro ou palha. É indicado para quem gosta do estilo cowboy. Se a intenção não é ir a um rodeio, nem a uma festa à fantasia, deve-se evitar o seu uso com bota cowboy, camisa xadrez ou qualquer outro acessório que lembre o mundo dos rodeios.

    Chapéu urbano ou Fedora
    O chapéu urbano ou Fedora tem as abas médias e a copa se caracteriza pelo formato mais alongado e com uma depressão no topo. Esse é um modelo masculino que já ganhou espaço entre as mulheres de personalidade. O modelo ficou marcado como chapéu dos mafiosos, graças aos figurinos do cinema americano. Normalmente, é confeccionado em palha e feltro (para o inverno).

    Chapéu Coco
    O chapéu coco, também conhecido como Derbie, é confeccionado em feltro, tem copa bem redonda e abas também redondas, bem curtas e curvadas para cima. É um modelo tipicamente masculino. Mas, em época tão moderna e liberal como hoje, ele pode e deve ser usado por mulheres, sem receio ou restrições. O melhor jeito de usá-lo é inclinado sobre a testa tocando a sobrancelha direita e com os cabelos presos. É indicado para compor visuais contemporâneos um pouco masculinizados (androginia)

    chapéu para mulheres

    O modelo Feldora ficou marcado como chapéu dos mafiosos

    Cartola tradicional
    É um modelo super clássico, masculino por excelência, com copa redonda e alta como um cilindro, e abas também redondas, em tamanho médio. Apesar de estritamente masculino, sempre há espaço para a ousadia feminina. Há de se concordar que mulheres usando cartola ficam elegantíssimas. A cartola deve ser usada inclinada tocando a sobrancelha. Os cabelos devem estar presos. Elas combinam com roupas de estilo masculinos, mas com algum toque feminino.

    Cloche
    Em francês, o termo cloche significa sino e é exatamente esse o formato do modelo tipicamente feminino, que é marca registrada da moda dos anos 20. Ele permanece atual ainda hoje. Sua característica marcante é a copa ajustada à cabeça com abas redondas e curtas que podem ser viradas para cima. Os Cloches são geralmente confeccionados de feltro. Também é chamado cloche aqueles modelos que têm abas com aspecto folgado e que ficam soltas sobre a testa. São indicados para os dias frios, porque esquentam a cabeça ou para os dias de sol, já que não são muito quentes. Os cloches protegem um pouco o rosto e, com ele, dá para compor visuais antigos e super femininos. O cloche de feltro tradicional fica muito lindo com cabelos curtos ou Chanel.

    Chapéu Panamá
    Famoso como um símbolo da América do Sul e Caribe, esse modelo é na verdade originário do Equador. Costuma ter abas largas, redondas e a copa redonda com uma depressão no topo e duas depressões nas laterais, onde se pega o chapéu. É indicado para dias quentes, de sol escaldante, porque protege o rosto e o pescoço sem deixar a cabeça abafada. O chapéu panamá é uma boa opção para se proteger do Sol com estilo. Isso só é possível graças à sua trama característica. Pode ser usado por homens e mulheres. A peça pode, e deve, ser usada para ir à praia ou para uma caminhada à beira-mar, mas, também, é ideal para programas casuais. Usar o Panamá com vestidinhos mais leves ou com shortinho é um bom jeito de aproveitar o verão com o visual renovado. Em dias mais frescos, também pode ser combinado com uma calça bem justa ou um vestido mais sofisticado e blazer. Dica: a tradicional faixa do chapéu panamá pode ser trocada por um lenço ou por uma fita colorida.

    chapéu para mulheres

    Usar o Panamá com vestidinhos mais leves ou com shortinho é um bom jeito de aproveitar o verão com o visual renovado

    Chapéu palheta Panamá
    O modelo palheta Panamá possui a copa bem redonda, mais baixa e não tem depressões. É um modelo essencialmente masculino, mas você pode enfeitá-lo com uma faixa e laço para ficar com um estilo mais feminino. Deve ser usado no alto da cabeça e inclinado para um dos lados, cobrindo parte da testa. É ideal que os cabelos estejam presos.

    Chapéu de palha feminino
    Geralmente, são chapéus de abas grandes e a copa redonda, mas o modelo pode variar muito. Seja de que modelo for, se tiver abas deve cobrir parte da testa. Não use na parte de trás da cabeça. Pode ser usado um pouco inclinado ou reto. Quando ele tiver abas enormes, é indicado ficar com os cabelos presos num coque baixo ou numa trança, a não ser que eles sejam de tamanho curto ou médio. Lembre-se que você deve retirar o chapéu em locais fechados e os cabelos devem estar arrumados por baixo. Os cabelos presos é uma garantia de se manterem arrumados.

    Chapéus coloridos ou estampados
    Não tente combinar com nada. Neste caso, o chapéu é o acessório principal. Não arrisque se não tiver segurança. Se o chapéu for estampado a roupa deve ser o mais neutra possível. A roupa deve ser neutra e sem brincos nem colares.

    Chapéu sem abas
    Os chapéus sem abas, geralmente, são usados em ocasiões mais formais e devem ficar na parte mais alta e detrás da cabeça, tanto inclinado como reto. Os cabelos podem estar longos e soltos. Este tipo de chapéu se popularizou com a primeira dama dos Estados Unidos, Jackeline Kennedy. Hoje, muitas mulheres também o usam.

    Casquetes
    Casquete é uma pequena cobertura para a cabeça, usada de lado e presa por grampos. Pode, também, ser fixada sobre um arco bem fininho. É uma das peças mais emblemáticas dos anos 1940. Está em alta hoje em dia e o resultado é encantador! Pode ser usada para um evento durante o dia ou durante a noite. A casquete é muito usada em casamentos, no entanto, não é exclusivo para essa ocasião. Pode ser confeccionado de vários materiais. Quando a casquete é presa em uma tiara, esta deve ficar escondida sob o cabelo.

    chapéu para mulheres

    Os chapéus Floppy são os que melhor demonstram a sofisticação em mulheres

    Chapéu floppy
    Os chapéus estilo floppy são aqueles, em geral, com grandes abas curvadas. São confeccionados de materiais variados. Possuem variações de abas bastante grandes ou pequenas e discretas. Eles podem ser confeccionados em tecidos maleáveis ou, também, em palha. São os que melhor demonstram a sofisticação em mulheres que os usam à beira mar. Com lenços em torno da copa, formas assimétricas, cores neutras ou vibrantes, esses chapéus combinam com desde simples biquínis e saídas de banho, até macacões, vestidos curtos e longos, jeans, batas e túnicas, contanto que o visual final conquiste ares casuais chiques. O tipo de roupa e a textura do material do chapéu devem combinar. Tranças e cabelos soltos são penteados que aceitam bem esse tipo de chapéu. Mas preste atenção para a altura, uma vez que, quanto mais baixa for a pessoa que vai usar, menor deve ser a aba, para que a pessoa não pareça ainda menor. Já as mulheres mais altas podem e devem escolher sem medo os modelos com abas maiores.

    Dicas:

    - Chapéu de palha: use-os com roupas esportivas para ir à praia ou para o dia a dia, com sandálias rasteiras.

    - Chapéu de material sintético: ideal para ir às compras, fazer um passeio a pé e fica lindo com sandálias ou sapatos baixos.

    - Chapéu de feltro: estes pedem o uso de roupas mais alinhadas.



    Leia mais: http://www.cpt.com.br/cursos-salaodebeleza/artigos/chapeus-para-mulheres-tipos-de-chapeus#ixzz44i0UR7SR

    Shipping methods

    Payment methods

    Legal Information

    Subscribe to receive our latest news.

    Copyright Chapelaria Vintage - 21.611.372/000124 - 2016. All rights reserved.